Como Contabilizar Bens em Comodato

Neste artigo vou falar sobre como contabilizar bens em comodato. Abordarei os aspectos contábeis referentes ao contrato de comodato, do ponto de vista tanto da empresa comodante, quanto da empresa comodatária. Comodato é o empréstimo para uso temporário, gratuito, de bem que deverá ser devolvido após o uso ou dentro de um prazo predeterminado, mediante contrato, no qual a empresa que empresta o bem é chamada de comodante e a empresa que recebe, de comodatária. O comodato de bens móveis entre empresas é muito comum Continue lendo

Créditos de PIS e COFINS

Como contabilizar os créditos decorrentes do PIS e da COFINS não cumulativos? Os créditos decorrentes da não cumulatividade da Cofins e do PIS-Pasep podem ser contabilizados a débito de conta “Tributos a Recuperar” do Ativo Circulante, em contrapartida da conta que originou o crédito. Como exemplo temos: Crédito sobre despesa de locação de prédio utilizado na atividade da empresa: D- Despesa de Aluguéis (CR) R$ 100.000,00 C- Caixa/Bancos (AC) R$ 100.000,00 Crédito de PIS-Pasep sobre a despesa de locação: D – PIS/Pasep a recuperar (AC) Continue lendo

Como Contabilizar Recarga de Telefones Celulares

Como Contabilizar Recarga de Telefones Celulares? Neste artigo, vou mostrar os aspectos contábeis relacionados às operações de recarga de telefones celulares. Esse tema tem gerado muita dúvida quanto a sua classificação, ou seja, devemos considerá-las como prestação de serviços ou intermediação de venda?

Como Contabilizar Pedágio

Neste artigo vou mostrar os registros contábeis pertinentes ao vale-pedágio nas empresas tomadoras de serviços de transporte e também nas transportadoras. Anteriormente à criação do Vale-Pedágio (VP), os gastos com pedágio relativo a veículos de carga eram unicamente  de responsabilidade do transportador e acabavam sendo embutidos no preço do frete cobrado pelos transportadores de cargas de terceiros (empresas de transporte ou transportadores autônomos). Com a instituição do Vale-Pedágio obrigatório, pela Lei nº 10.209/2001 , transferiu-se a responsabilidade pelo pagamento do pedágio ao tomador dos serviços Continue lendo