Como Contabilizar INSS Retido Sobre Serviços Prestados

Neste artigo, vou mostrar Como Contabilizar INSS Retido Sobre Serviços Prestados. Os serviços prestados pelas empresas poderão sofrer retenção do INSS na fonte.

A empresa que prestar o serviço recebe um direito que pode ser compensável com o valor devido no mês, e assim, deve classificá-lo no Ativo Circulante como INSS a recuperar. Por outro lado, a empresa tomadora do serviço, tem a obrigação de reter e recolher o INSS devido sobre o serviço, e o INSS será tratado como uma obrigação, e assim contabilizado no Passivo Circulante como INSS a recolher.

Como Contabilizar INSS Retido Sobre Serviços Prestados

Vamos considerar que uma Empresa “A” tenha prestado serviços para a Empresa “B”, e emitido Nota Fiscal no valor de 5.000,00 com INSS retido no valor de R$ 550,00 (11% de R$ 5.000,00).

Os lançamentos contábeis operação são os seguintes:

Na Empresa “A” – prestadora do serviço:

Registro da Nota Fiscal:

D – Clientes (Ativo Circulante – Contas a Receber) R$ 4.450,00
D – INSS a Recuperar (Ativo Circulante – Impostos a Recuperar) R$ 550,00
C – Receitas de Prestação de Serviços (Resultado) R$ 5.000,00

Recebimento do valor do cliente:

D – Caixa/Bancos (Ativo Circulante – Disponibilidades) R$ 4.450,00
C – Clientes (Ativo Circulante – Contas a Receber) R$ 4.450,00

Compensação do INSS retido com o INSS devido:

D – INSS a Recolher (Passivo Circulante – Impostos a Recolher) R$ 550,00
C – INSS a Recuperar (Ativo Circulante – Impostos a Recuperar) R$ 550,00

Na Empresa “B” – tomadora do serviço:

Registro da Nota Fiscal:

D – Despesas Administrativas (Resultado) R$ 5.000,00
C – INSS a Recolher (Passivo Circulante – Impostos a Recolher) R$ 550,00
C – Fornecedores (Passivo Circulante – Contas a Pagar) R$ 4.450,00

Pagamento do valor ao fornecedor:

D – Fornecedores (Passivo Circulante – Contas a Pagar) R$ 4.450,00
C – Caixa/Bancos (Ativo Circulante – Disponibilidades) R$ 4.450,00

Recolhimento do INSS:

D – INSS a Recolher (Passivo Circulante – Impostos a Recolher) R$ 550,00
C – Caixa/Bancos (Ativo Circulante – Disponibilidades) R$ 550,00

Treinamento Exclusivo Para Te Ajudar a Passar No Exame do CRC >>Confira Aqui<<

Gostaria de Trabalhar com CONSULTORIA? Conheça os  >>”3 Passos Para ser um Consultor de Alta Performance”<<

Descubra como um concurseiro conseguiu ser aprovado e NOMEADO em 8 concursos federais, com apenas 22 anos!!! >>Veja aula GRÁTIS<<

Você conhece o Tesouro Direto? Descubra porque é um investimento muito melhor que a poupança!!!

Curso de Rotinas Fiscais para Escritórios de Contabilidade. Conheça os detalhes deste treinamento >>AQUI<<

Você quer abrir seu Escritório de Contabilidade? Confira aqui e veja como!!!

Manual Prático de Auditoria. Curso único no mercado.

Diversifique os serviços de seu escritório, Já pensou em oferecer serviços online? Confira aqui!

Tenha um ótimo dia!

Leia também

Sobre Luis Batista 105 Artigos
Contador, Consultor Contábil, Fiscal e Financeiro, Auditor. Atua na área contábil desde 2002. Criador do site Como Contabilizar desde julho de 2013.

19 Comentário

  1. Boa tarde,
    Tenho uma dúvida…presto serviço como perita social para a Justiça Federal há 4 anos. Durante esse tempo é descontado o INSS sobre o calor que recebe. A dúvida é terei direito de incluir esse tempo de contribuição em minha aposentadoria? Uma vez que os pagamentos não são mensais, e quero saber ainda se posso deduzir isso no imposto de renda?

  2. Luis Batista … Se Possível esclarecer uma Dúvida.

    Como lançar/ajustar o valor do INSS Retido na Demonstração do Resultado?

    Tomando como o exemplo citado acima.

    Demonstração do Resultado
    Receitas de Prestação de Serviços R$ 5.000,00
    (-) INSS Retido (R$ 550,00)
    Receita Líquida R$ 4.450,00

    Sabemos que o valor do INSS Retido será compensado/abatido na Guia de INSS da Empresa.

    Caro Luis, esse lançamento de ajuste na DRE procede?

    • Olá Alisson,
      Não procede.
      O INSS não é um imposto sobre venda, então ele não deve ser lançado na DRE.
      Você deve lançar o PIS, COFINS e o ISS devidos nessa operação, e não os impostos retidos.
      Abraço!

  3. Boa noite !!! Luis
    Estou com uma dúvida uma empresa Localizada em São Caetano prestou serviço em Itupeva de treinamento em desenvolvimento profissional . Pergunto como faço para saber se há retenção de INSS . Caso tenha como recupero esse INSS ?
    obrigada

  4. Boa tarde!

    Trabalho com desenvolvimento de sistemas, e estou com dúvidas como proceder da contabilização de uma NF cancelada de um mês para o outro.
    Exemplo: Eu estou emitindo uma NF de serviço no dia 30, no entanto, eu observo que eu emiti a NF erroneamente só na no dia 03 do outro mês e preciso cancelar.
    Como fica a contabilização neste caso da NF Cancelada?

  5. Me esclareça uma dúvida cruel! Se uma prestadora de serviços, for prestar serviço para um condominio, e tem um funcionario que custe 1.000,00; e o condominio pede para emitir a nota contra ele e retenha 11% sobre a nota? Essa nota fiscal é de 3200,00 dando 352,00 de INSS retido s/nota fiscal. E na folha de pagamento deu 80 reais retido do INSS (Segurado ou empregado). Pergunto a empresa é do SIMPLES NACIONAL, a lei diz que posso deduzir na SEFIP. Posso deduzir o os 20% do patronal e também a parte do empregado ou não? Seria 1000,00 x 20% 200,00 (parte patronal) + 80,00 do funcionario ou segurado + 30,00 (3% do SAT)

    • Olá Dionísio,

      A empresa prestadora de serviços que sofreu retenção no ato da quitação da nota fiscal, da fatura ou do recibo de prestação de serviços, poderá compensar o valor retido quando do recolhimento das contribuições previdenciárias, inclusive as devidas em decorrência do décimo terceiro salário, desde que a retenção esteja:
      a) declarada em GFIP na competência da emissão da nota fiscal, da fatura ou do recibo de prestação de serviços, pelo estabelecimento responsável pela cessão de mão-de-obra ou pela execução da empreitada total; e
      b) destacada na nota fiscal, na fatura ou no recibo de prestação de serviços ou que a contratante tenha efetuado o recolhimento desse valor.

      Para efetuar a compensação da retenção a empresa deverá observar os seguintes requisitos:
      a) a compensação da retenção somente poderá ser efetuada com as contribuições previdenciárias, não podendo absorver contribuições destinadas a outras entidades ou fundos (Terceiros), as quais deverão ser recolhidas integralmente pelo sujeito passivo;
      b) será considerada como competência da retenção o mês da emissão da nota fiscal, da fatura ou do recibo de prestação de serviços;
      c) o saldo remanescente em favor do sujeito passivo poderá ser compensado nas competências subsequentes, ou poderá ser objeto de restituição;
      d) se após a compensação efetuada pelo estabelecimento que sofreu a retenção restar saldo, este valor poderá ser compensado por qualquer outro estabelecimento da empresa cedente da mão de obra, inclusive nos casos de obra de construção civil mediante empreitada total, na mesma competência ou em competências subsequentes.

      Abraço!

  6. Boa Tarde!

    Gostaria que me tirasse uma dúvida. Quando empresa tomadora da prestação de serviços assume o ônus tributário das contribuições ao INSS, Imposto sobre Serviços e do Imposto de Renda Retido na Fonte, das pessoas físicas e jurídicas prestadoras de serviços, quais são os reflexos desta postura nas Demonstrações Contábeis e Financeiras da tomadora da prestação de serviços?

    • Raquel,
      Não fica porque essa conta já recebeu lançamentos a crédito anteriormente, por exemplo, nos lançamentos de encargos da folha de pagamento, ou no INSS incidente sobre o faturamento, no caso de ela está enquadrada na desoneração da folha.

  7. MUITO BOM O RELACIONAMENTO. COMO PROCEDER OS LANÇAMENTOS CONTÁBEIS DE IMPORTAÇÃO DE SOFTWARE INCLUSIVE OS IMPOSTOS, POIS ESTE É O MEU PRIMEIRO CONHECIMENTO QUANTO AO FATO. DESDE JÁ AGRADEÇO

  8. Gostei muito dessa explicação. é sempre bom ficar revendo esses posts.
    Já tirei muitas duvidas nesse blog. Valeu mesmo.

Comente, pergunte, tire sua dúvida aqui!