Como Contabilizar Arrendamento Mercantil – Leasing Operacional

Neste artigo falarei sobre a forma de contabilizar o arrendamento mercantil operacional, sob a ótica do arrendatário e do arrendador.

Contabilização no arrendatário:

arrendamento mercantil operacional, na prática, é um aluguel, e  deve ser reconhecido como despesa, mensalmente, durante o prazo do arrendamento mercantil.

A empresa pode contabilizar o arrendamento mercantil operacional da seguinte forma:

Provisão do arrendamento:

D – Despesa de arrendamento mercantil (Conta de resultado)
C – Contas a pagar (Passivo Circulante)

Pagamento do arrendamento:

D – Contas a pagar (Passivo Circulante)
C – Caixa/Bancos (Ativo Circulante – disponibilidades)

Contabilização no arrendador:

O arrendador deve apresentar o ativo sujeito a arrendamento mercantil operacional no seu balanço de acordo com a natureza do ativo.

A receita proveniente de arrendamento mercantil operacional deve ser reconhecida no resultado, mensalmente, durante o prazo do arrendamento mercantil.

Como, geralmente, o ativo arrendado se trata de Imobilizado, devemos considerar a depreciação incorrida na obtenção da receita de arrendamento mercantil. Ela deve ser reconhecida como despesa, durante o período do arrendamento.

Reconhecimento da receita:

D – Contas a receber (Ativo Circulante)
C – Receita de arrendamento mercantil (Conta de resultado)

Recebimento da receita:

D – Caixa/bancos (Ativo Circulante – disponibilidades)
C – Contas a receber (Ativo Circulante)

Depreciação do bem arrendado:

O bem arrendado está classificado no Ativo Imobilizado, dessa forma, devemos contabilizar a despesa de depreciação correspondente a esse bem.

D – Despesa de depreciação (Conta de resultado)
C – Máquinas e equipamentos (Ativo Imobilizado)

A depreciação dos ativos arrendados deve ser consistente com a política de depreciação normal do arrendador para ativos semelhantes. Ela deve ser calculada de acordo com as regras aplicáveis ao ativo imobilizado.

Base Legal:

  • Deliberação CVM nº 645/2010
  • Lei nº 11.638/2007
  • Lei nº 6.404/1976
  • Resolução CFC nº 1.304/2010

Se prepare para as provas do CRC com um dos professores mais renomados do mercado acadêmico. Apostila exame do CRC!

Treinamento Exclusivo Para Te Ajudar a Passar No Exame do CRC >>Confira Aqui<<

Curso online de Departamento Pessoal

Escrita Fiscal! Elevando seu conhecimento para outro nível.

Você quer abrir seu Escritório de Contabilidade? Confira aqui e veja como!!!

Tenha um ótimo dia!

 

Leia também

Sobre Luis Batista 105 Artigos
Contador, Consultor Contábil, Fiscal e Financeiro, Auditor. Atua na área contábil desde 2002. Criador do site Como Contabilizar desde julho de 2013.

1 Comentário

  1. estou formando no próximo semestre e gostaria de mais informações e dicas de livros sobre arrendamento mercantil ,que sera meu tema de tcc

    att…

Comente, pergunte, tire sua dúvida aqui!